.

“Poesia não é para compreender mas para incorporar
Entender é parede: procure ser árvore.Manoel de Barros.







.

domingo, 14 de novembro de 2010

Ah, ela gosta...


"Você não gosta de mim, mas sua filha gosta
Ela gosta do tango, do dengo, do mengo, domingo e de cócega
Ela pega e me pisca, belisca, petisca, me arrisca e me enrosca"
_________________________________Chico Buarque.


Ela, a mocinha.
Ele, o menino mau.
Ela, talvez bobinha.
Combinação fatal.

Papai não gosta,
Mamãe não quer.
Mas a carne imposta
Cansada de bem-me-quer.

Na garupa da moto subiu,
O coração acelerou junto.
Cedeu quando ele pediu
Para ir só um poquinho mais fundo.

Papai não quer,
Mas ela gosta
De se sentir mulher
Quando a pele roça.


Ajude o GreenPeace assinando as petições. Juntos podemos fazer muito!GreenPeace Twitter!

5 novidades:

Shuzy disse...

Aí que tá!
Nem papai, nem mamãe... Quem PRECISA gostar é ela e ponto!

C. Mantovani disse...

Lizzy! Linda...td bem contigo?
Seu blog sempre tão lindo e com poemas e textos adocicados...
Boa semana pra ti...bj meu!

Gabriela Furtado disse...

Chico Buarque é um lindo mesmo... *-*
E ôh se eu gosto!
beeeijoos

Marie Raya disse...

Lizzy, agradeço super sua visita e seu comentário! Adorei o seu blog e já estou seguindo. No post o grande Chico Buarque, post muito foda! Sempre essa história, sempre se repete. Papai não quer, mas fazer o que se ela gosta? haha, beijo :*

Marcelo Zaniolo disse...

Realmente... O que importa não são os pais, são? Hehe

Boa semana!
Beeijo